Prazer, eu sou a Lígia. Seja muito bem vinda!

https://www.youtube.com/watch?v=1tLPHJ0p1K0

Provavelmente você chegou até aqui com a dúvida: quem é essa tal de Lígia Fabreti?

Bom, eu não sou nenhum celebridade, não tenho super poderes ou alguma grande habilidade extraordinária, mas tem uma coisa que eu conheço muito bem: eu sei ensinar mulheres a parar de odiar o próprio corpo.

E sabe como eu sei disso? Porque eu mesma passei anos querendo mudar e me sentindo insatisfeita, infeliz e insegura porque eu não conseguia emagrecer. Acreditava que só seria feliz quando emagrecesse e tentei tudo – absolutamente tudo – que você imaginar!

Eu achava até que era impossível viver sem pensar em comida o tempo todo. Eu estava sempre tentando comer menos, culpada por ter comido demais, preocupada com o que comeria ou desejando comer alguma coisa “proibida”. Além do medo de engordar, de nunca conseguir emagrecer e a sensação terrível de ser um fracasso total.

Eu achava que o mundo estava certo e que existia alguma coisa errada comigo. Muito errada. Até que eu percebi que se dietas funcionassem, seriam feitas uma vez só na vida e se tinha tanta gente querendo emagrecer e vivendo de dieta, existia alguma coisa errada com o método, não comigo.

Cansei de sites e blogs com dicas de como secar a barriga, como perder trinta quilos em três dias, como fechar a boca, como não ser você. Cansei de posts que me faziam odiar e querer mudar meu próprio corpo, acreditar que eu não tenho disciplina suficiente e por isso sou um fracasso. Cansei de ter medo de uma fatia de bolo de chocolate, de ser proibida de tomar um copo de suco de laranja, cansei de não ter autorização pra escolher minha alimentação.

Cansei e resolvi criar este site-blog que já virou um projeto e logo vai virar um programa para mulheres que também cansaram de gastar energia – tempo e sanidade – tentando se adaptar, se encaixar, ser o que não são nesse mundo fitness-a-qualquer-custo. Que querem liberdade e espaço pra viver, amar, criar e serem felizes. Que já se perguntaram como seria a vida se não houvesse essa campanha constante para sermos diferentes do que somos.

Eu não promovo farra em fast foods, não desencorajo a prática de atividade física, não quero que você descuide da sua saúde. Mas eu acredito que somos muito mais do que os olhos podem ver e você não consegue viver isso quando está preocupada demais em se adequar ao que os outros dizem que você deve ser. Este espaço quer promover a importância de entrarmos em contato, aceitarmos e acolhermos nossos corpos do jeitinho que eles são porque eu não acredito que mudando que você vai se amar mais, mas é se amando que você vai mudar. E isso, só se você quiser.

Eu quero aliviar esse bombardeio perverso que aprisiona, enlouquece, maltrata e promove o desamor. Hoje eu acredito que o meu corpo é lindo, seja ele como for. E se você leu até aqui, acredito que seu corpo também é lindo – mesmo que insistam em te fazer acreditar o contrário.

Te convido ler o blog, visitar o Canal no YouTube, Instagram e seguir a página Não é dieta, É VIDA no Facebook para não perder nadinha dessa jornada e entender o que alimenta nosso corpo e nossa alma.

E o principal: baixe seu e-book GRATUITO Como Parar de Fazer Dieta e se livrar da Obsessão por Comida e pelo Peso pra entender direitinho essa história de menos dieta, mais amor e o Manifesto Não é dieta, é VIDA com 10 passos simples para se livrar da mentalidade de dietas.

Com amor, leveza e alegria

Lígia